O poeta está vivo

Cazuza

O cantor Cazuza em 1985

 

Muitos já ouviram e outros ainda ouvirão as músicas do poeta que ainda não morreu e que em abril completaria 59 anos.

Sua carreira começou em 1981 com o Barão Vermelho, onde gravou vários hits em parceria com Roberto Frejat. Em 1985 lançou-se em carreira solo, tendo gravado vários clássicos que são sucesso até hoje.

Aclamado pela crítica como um dos principais poetas da música brasileira, Cazuza deixou 126 canções gravadas, 78 inéditas e 34 para outros intérpretes. Suas canções já foram reinterpretadas por diversos artistas brasileiros.

Dentre os shows que mais fizeram sucesso estão Rock in Rio 1985, show no Teatro Ipanema em 1987 e o show o Tempo não Para – Canecão, Rio de Janeiro em 1988, seu último registro ao vivo. A turnê durou três dias, os quais geraram gravação do disco Ideologia, o disco mais vendido pelo cantor, com mais de 1 milhão de cópias comercializadas.

O tempo realmente não para, afinal seus sucessos continuam tocando. Relembre:

Tagged with: , , , , , , , , , , , , ,